CurtaDoc: Acervo digital de documentários latino-americanos

28.07.2019

 

DOCUMENTÁRIOS LATINO-AMERICANOS EM REDE

 

O CurtaDoc é um espaço dedicado ao documentário latino-americano. O projeto nasceu em 2009 no Brasil como um programa para o SescTV, e desde 2011 é também um acervo online. Além de um rico arquivo, estamos formando uma rede de interessados na cultura do documentário. O CurtaDoc quer ajudar a promover o acesso, o intercâmbio, a integração entre os países e idiomas, valorizando a produção e difundindo o audiovisual como patrimônio imaterial.

 

NA TV


O CurtaDoc é um espaço diferenciado na televisão brasileira para a exibição e discussão sobre a cultura do documentário. Lançado em 2009, o programa teve três temporadas produzidas para o SescTV, com 141 episódios (54min cada), mais de 500 pessoas entrevistadas e exibição de 450 documentários brasileiros e latino-americanos.

 

Do Morro (2010)

O cenário urbano das grandes cidades vem sendo, cada vez mais, palco de uma crescente tensão/diálogo entre o centro e a periferia. O documentário "Do Morro?" aborda, exatamente, a arte como um dos eixos desta relação dialógica entre o subúrbio e a classe média.

 

QUEM FAZ

 

A Contraponto é uma produtora de conteúdo formada por pessoas que acreditam nas parcerias e no trabalho feito com prazer e intensidade. Realizamos projetos audiovisuais e publicações editoriais com foco em arte, cultura, educação e meio ambiente. Gostamos de produzir documentário, ficção, séries de TV e projetos multiplataforma, como o CurtaDoc. Nossa base é em Florianópolis, no estado de Santa Catarina, um dos principais destinos de sul-americanos no Brasil.

Muitos profissionais já participaram da equipe do CurtaDoc e aos poucos vamos formando uma rede de parcerias com pessoas que acreditam no projeto. O acervo conta com apoio de exibição do Curta o Curta e o Porta Curtas. O novo site, lançado em junho de 2013, foi desenvolvido pela Zerotrack.

 

Para acessar os documentários, clique AQUI

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

RESSURECTIONE

POR LUIZ PIEROTTI

 

Em meio à festa, à dança. à diversão: o tempo passa.
Em meio ao trabalho, o relatório, o feedback: o tempo passa.

Durante o domingo, durante o sexo, durante a partida de futebol e a risada pós piada, cada segundo passa, escorrendo pelo rastro de tantos outros segundos perdidos, de tantas outras ideias esquecidas, de tantos outros desejos abandonados.

Se uma ideia não realizada é uma ideia inexistente, então também cada palavra não proclamada é um pensamento inexistente. Cada plano abandonado uma rendição prévia. E a cada tópico anteriormente citado, uma inexistência de parte do que nos constitui.

Totentanz é a recordação do tempo constante, é a observação do tudo no agora.

É a busca, mesmo que sempre busca, da observação do caos em sua plenitude.

O Manifesto não busca a individualidade, nem a remediação do singular. 

Pretende a busca da identificação exterior do sujeito de Rimbaud. O continente humano de John Donne. A celebração de Whitman. A razão de Hamlet. O tempo: Chronos e Kairós.

   MANIFESTo TOTENTANZ    

     POSTS recentes:     
Please reload

© 2016 por O Caos Cultural.