Kerouac: Beat, Youth, Himself

07.10.2017

Jean-Louis Kérouac (Jack Kerouac) (March 12, 1922 – October 21, 1969) was an American novelist and poet.

 

Considered a literary iconoclast and, alongside Allen Ginsberg and William S. Burroughs , a pioneer of the Beat Generation. Kerouac is recognized for his method of spontaneous prose.

 

 

 

His work covers topics such as Catholic spirituality, jazz, promiscuity, Buddhism, drugs, poverty, and travel. 

 

In 1969, aged 47, Kerouac died from internal bleeding due to long-term alcohol abuse.

 

Influenced by Thomas Wolfe and James Joyce, his technique was heavily influenced by Jazz, especially Bebop, and later, Buddhism

 

Some of Kerouac's most important books are On The Road (1957), The Subterraneans (1958), The Dharma Bums (1958), Big Sur (1962) and Visions of Cody (1972).

 

 

In the interview, Kerouac talks about the beat movement, the youth and himself

 

Interview for Canadian TV

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

RESSURECTIONE

POR LUIZ PIEROTTI

 

Em meio à festa, à dança. à diversão: o tempo passa.
Em meio ao trabalho, o relatório, o feedback: o tempo passa.

Durante o domingo, durante o sexo, durante a partida de futebol e a risada pós piada, cada segundo passa, escorrendo pelo rastro de tantos outros segundos perdidos, de tantas outras ideias esquecidas, de tantos outros desejos abandonados.

Se uma ideia não realizada é uma ideia inexistente, então também cada palavra não proclamada é um pensamento inexistente. Cada plano abandonado uma rendição prévia. E a cada tópico anteriormente citado, uma inexistência de parte do que nos constitui.

Totentanz é a recordação do tempo constante, é a observação do tudo no agora.

É a busca, mesmo que sempre busca, da observação do caos em sua plenitude.

O Manifesto não busca a individualidade, nem a remediação do singular. 

Pretende a busca da identificação exterior do sujeito de Rimbaud. O continente humano de John Donne. A celebração de Whitman. A razão de Hamlet. O tempo: Chronos e Kairós.

   MANIFESTo TOTENTANZ    

     POSTS recentes:     
Please reload

© 2016 por O Caos Cultural.