Fotos raras da Russia Imperial por Gorsy

30.04.2017

 

 

Sergey Mickaylovich Prokudin-Gorsy, após anos de estudo nos mais diversos polos de educação, de São Petesburgo à Páris, tornou-se um químico cuja inovação e veia artística o levou a ser um dos primeiros homens capazes de fotografar em cores.

 

Tal proeza se deu pelo “apadrinhamento” que obtivera por parte do czar Nicolau II, em 1905, que lhe ofereceu uma câmara escura e o livre acesso pelo impérico russo em vésperas da Revolução Russa e da Primeira Guerra Mundial.

 

Utilizando placas de vidro com 3x9 polegadas com as quais fazia trêz exposições com três filtros diferentes (vermelho, verde e azul), o que trazia cor à imagem, Gorsy pode capturar imagens raras do cotidiano, da cultural e do povo que habitava a região na época.

 

Abaixo, alguma dessas raras e facinantes fotos:

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

RESSURECTIONE

POR LUIZ PIEROTTI

 

Em meio à festa, à dança. à diversão: o tempo passa.
Em meio ao trabalho, o relatório, o feedback: o tempo passa.

Durante o domingo, durante o sexo, durante a partida de futebol e a risada pós piada, cada segundo passa, escorrendo pelo rastro de tantos outros segundos perdidos, de tantas outras ideias esquecidas, de tantos outros desejos abandonados.

Se uma ideia não realizada é uma ideia inexistente, então também cada palavra não proclamada é um pensamento inexistente. Cada plano abandonado uma rendição prévia. E a cada tópico anteriormente citado, uma inexistência de parte do que nos constitui.

Totentanz é a recordação do tempo constante, é a observação do tudo no agora.

É a busca, mesmo que sempre busca, da observação do caos em sua plenitude.

O Manifesto não busca a individualidade, nem a remediação do singular. 

Pretende a busca da identificação exterior do sujeito de Rimbaud. O continente humano de John Donne. A celebração de Whitman. A razão de Hamlet. O tempo: Chronos e Kairós.

   MANIFESTo TOTENTANZ    

     POSTS recentes:     
Please reload

© 2016 por O Caos Cultural.