19 Apr 2019

Nascida em 1952, filha do sociólogo Waldo Aranha Lenz Cesar e da jornalista Maria Luiza Cruz, Ana Cristina Cesar foi uma poetisa e tradutora brasileira, considerada um dos principais nomes da geração mimeógrafo e frequentemente vinculada ao movimento de Poesia Marginal...

11 Apr 2019

Há, por vezes, jovens geniais que parecem vir à Terra com um único motivo: causar inveja aos demais habitantes locais. Isaac Newton, Wolfgang Amadeus Mozart, Maria Gaetana Agnesi, dentre outras personalidades que – ainda crianças – já mantinham uma produção sólida e pr...

30 Apr 2018

 

O que é a poesia? Qual sua função prática? Seria este um gênero morto?

No vídeo abaixo, em conversa com o poeta Marcelo Pierotti, os temas são tratados de maneira direta pelo ponto de vista do entrevistado.

26 Feb 2018

 

Walt Whitman (Huntington, 31 de maio de 1819 – Camden, 26 de março de 1892) foi um poeta, ensaísta e jornalista norte-americano, considerado por muitos como o "pai do verso livre". Sua obra Folhas de Relva é considerada um marco na literatura universal, principalment...

3 Jan 2018

Resurrectione é um poema em prosa de Luiz Pierotti e pertence ao livro Contos do Rio Estige (Patuá, 2013).

Você pode encontrar o livro pelo site da Editora Patuá.

Please reload

OT72GE7TVWWD333IV5NELULJ3I.jpg

 

Em meio à festa, à dança. à diversão: o tempo passa.
Em meio ao trabalho, o relatório, o feedback: o tempo passa.

Durante o domingo, durante o sexo, durante a partida de futebol e a risada pós piada, cada segundo passa, escorrendo pelo rastro de tantos outros segundos perdidos, de tantas outras ideias esquecidas, de tantos outros desejos abandonados.

Se uma ideia não realizada é uma ideia inexistente, então também cada palavra não proclamada é um pensamento inexistente. Cada plano abandonado uma rendição prévia. E a cada tópico anteriormente citado, uma inexistência de parte do que nos constitui.

Totentanz é a recordação do tempo constante, é a observação do tudo no agora.

É a busca, mesmo que sempre busca, da observação do caos em sua plenitude.

O Manifesto não busca a individualidade, nem a remediação do singular. 

Pretende a busca da identificação exterior do sujeito de Rimbaud. O continente humano de John Donne. A celebração de Whitman. A razão de Hamlet. O tempo: Chronos e Kairós.

   MANIFESTo TOTENTANZ    

     POSTS centes:      
Please reload

Feed do Instagram

© 2016 por O Caos Cultural.