11 Oct 2017

Haiku (俳句) é uma espécie de poema japonês de forma curta e caracerizada por trêz aspectos: o corte (kiru), representado pela justaposição de duas imagens ou ideias e um “kireji"; (palavra que corta) que as separa; construção realizada com 17 on (unidade fonológica), em...

5 Oct 2017

Herberto Helder de Oliveira (Funchal, São Pedro, 23 de novembro de 1930 – Cascais, 23 de março de 2015) é considerado o maior poeta português da segunda metade do século XX.


De uma poesia que se aproxima do universo da alquimia, da mística, da mitologia edipiana e com...

26 Sep 2017

Cidade (tradução)

Sou um efêmero e não muito descontente cidadão de uma metrópole que se supõe moderna porque todo gosto conhecido foi subtraído tanto dos mobiliários e do exterior das casas quanto do traçado da cidade. Aqui não poderíeis assinalar os vestígios de nenhu...

6 Jun 2017

Sentimento do Mundo

Tenho apenas duas mãos 
e o sentimento do mundo, 
mas estou cheio escravos, 
minhas lembranças escorrem
e o corpo transige 
na confluência do amor.

Quando me levantar, o céu 
estará morto e saqueado, 
eu mesmo estarei morto, 
morto meu desejo, morto 
...

28 Nov 2016

A Poesia Didática

“Compus uma tragédia cheia de Ares. (...) É assim que os poetas devem proceder. Observa como desde a origem os mais nobres poetas se tornaram úteis: Orfeu, por exemplo, ensinou-nos os mistérios e a afastarmo-nos das mortes, Museu as curas das doenças e...

Please reload

 

Em meio à festa, à dança. à diversão: o tempo passa.
Em meio ao trabalho, o relatório, o feedback: o tempo passa.

Durante o domingo, durante o sexo, durante a partida de futebol e a risada pós piada, cada segundo passa, escorrendo pelo rastro de tantos outros segundos perdidos, de tantas outras ideias esquecidas, de tantos outros desejos abandonados.

Se uma ideia não realizada é uma ideia inexistente, então também cada palavra não proclamada é um pensamento inexistente. Cada plano abandonado uma rendição prévia. E a cada tópico anteriormente citado, uma inexistência de parte do que nos constitui.

Totentanz é a recordação do tempo constante, é a observação do tudo no agora.

É a busca, mesmo que sempre busca, da observação do caos em sua plenitude.

O Manifesto não busca a individualidade, nem a remediação do singular. 

Pretende a busca da identificação exterior do sujeito de Rimbaud. O continente humano de John Donne. A celebração de Whitman. A razão de Hamlet. O tempo: Chronos e Kairós.

   MANIFESTo TOTENTANZ    

     POSTS centes:      
Please reload

Feed do Instagram

caoscultural4.png

ouça o podcast

do caos cultural

Sem título.jpg

apoie um projeto:

contos clássicos de fantasma

© 2016 por O Caos Cultural.