27 May 2020

Sophia cuida do marido enfermo ao logo de toda uma noite Entre a solidão a tristeza e o medo, algumas lembranças das teorias existenciais do homem voltam â tona, ajudando a esposa a superar a situação e colocando-se como um enorme cenotáfio da sua história. Um grande m...

28 Nov 2018

 "Exibi-se o espelho da comparação quando há conflito entre seus interesses, sua verdade e suas ideologias para comas de terceiros. Aquele que se coloca como o check da dúvida, acaba agindo como uma esponja, direcionando a si culpas, problemáticas e indesejos."

26 Jul 2018

Seríamos mesmo um país pacífico, miscigenado, e que por essa mistura de povos deu vida a uma sociedade socialmente igualitária e não racista? Ou estaríamos tentando ignorar um racismo nada sutil?
 

O vídeo abaixo (gravado por este que vos fala e publicado no jornal Cruz...

19 Mar 2018

Ela observa o rosto magro e salpicado de suor frio. Seus tremores haviam passado e agora só restava o corpo cansado, de respiração profunda. O sono como a fuga da dor.


Ela o observa. Havia passado a noite toda ao seu lado. Panos na testa, cobertores, água. Nunca quis s...

Please reload

 

Em meio à festa, à dança. à diversão: o tempo passa.
Em meio ao trabalho, o relatório, o feedback: o tempo passa.

Durante o domingo, durante o sexo, durante a partida de futebol e a risada pós piada, cada segundo passa, escorrendo pelo rastro de tantos outros segundos perdidos, de tantas outras ideias esquecidas, de tantos outros desejos abandonados.

Se uma ideia não realizada é uma ideia inexistente, então também cada palavra não proclamada é um pensamento inexistente. Cada plano abandonado uma rendição prévia. E a cada tópico anteriormente citado, uma inexistência de parte do que nos constitui.

Totentanz é a recordação do tempo constante, é a observação do tudo no agora.

É a busca, mesmo que sempre busca, da observação do caos em sua plenitude.

O Manifesto não busca a individualidade, nem a remediação do singular. 

Pretende a busca da identificação exterior do sujeito de Rimbaud. O continente humano de John Donne. A celebração de Whitman. A razão de Hamlet. O tempo: Chronos e Kairós.

   MANIFESTo TOTENTANZ    

     POSTS centes:      
Please reload

Feed do Instagram

caoscultural4.png

ouça o podcast

do caos cultural

Sem título.jpg

apoie um projeto:

contos clássicos de fantasma

© 2016 por O Caos Cultural.