30 Jul 2019

Um dos grandes questionamentos que me faço sobre literatura e seu consumo no Brasil é quanto ao pequeno contato que os leitores tupiniquins têm de obras latino-americanas.

Não que não haja leitores interessados nas obras de nossos hermanos, porém é perceptível que, para...

19 Apr 2019

Nascida em 1952, filha do sociólogo Waldo Aranha Lenz Cesar e da jornalista Maria Luiza Cruz, Ana Cristina Cesar foi uma poetisa e tradutora brasileira, considerada um dos principais nomes da geração mimeógrafo e frequentemente vinculada ao movimento de Poesia Marginal...

11 Dec 2018

O texto “Pequeno Órganon para o Teatro”, escrito em 1948, é uma série de propostas e afirmações sobre como uma peça de teatro deve ser encenada no palco para que esta não fique restringida apenas em dar diversão ao espectador, mas acima de tudo faça com que este espect...

24 Nov 2018

Antônio Frederico de Castro Alves, mais conhecido apenas como Castro Alves, foi um poeta brasileiro nascido em 1847, na Bahia, e um dos principais nomes da terceira geração do Romantismo.

Apelidado "Poeta dos Escravos”, tinha como marca uma obra que visava o combate à e...

5 Nov 2018

"Este ensaio pressupõe que a expressão máxima da soberania reside, em grande medida, no poder e na capacidade de ditar quem pode viver e quem deve morrer. Por isso, matar ou deixar viver constituem os limites da soberania, seus atributos fundamentais. Exercitar a sober...

Please reload

 

Em meio à festa, à dança. à diversão: o tempo passa.
Em meio ao trabalho, o relatório, o feedback: o tempo passa.

Durante o domingo, durante o sexo, durante a partida de futebol e a risada pós piada, cada segundo passa, escorrendo pelo rastro de tantos outros segundos perdidos, de tantas outras ideias esquecidas, de tantos outros desejos abandonados.

Se uma ideia não realizada é uma ideia inexistente, então também cada palavra não proclamada é um pensamento inexistente. Cada plano abandonado uma rendição prévia. E a cada tópico anteriormente citado, uma inexistência de parte do que nos constitui.

Totentanz é a recordação do tempo constante, é a observação do tudo no agora.

É a busca, mesmo que sempre busca, da observação do caos em sua plenitude.

O Manifesto não busca a individualidade, nem a remediação do singular. 

Pretende a busca da identificação exterior do sujeito de Rimbaud. O continente humano de John Donne. A celebração de Whitman. A razão de Hamlet. O tempo: Chronos e Kairós.

   MANIFESTo TOTENTANZ    

     POSTS centes:      
Please reload

Feed do Instagram

caoscultural4.png

ouça o podcast

do caos cultural

Sem título.jpg

apoie um projeto:

contos clássicos de fantasma

© 2016 por O Caos Cultural.