20 Sep 2019

Raramente encontramos, atualmente, alguém que não saiba o que foi Chernobil. Que não tenha conhecimento da magnitude do desastre, das vidas perdidas e de todas as consequências causadas por esse vazamento radioativo.

Porém, o que muitos não sabem é que uma das gerações...

9 May 2019

Nascido em 1979, com atuais 39 anos, em Roma, Alessandro Mannarino, também conhecido apenas como Mananarino, é um músico e compositor italiano, e um dos principais representantes contemporâneos do pop-folk de seu país.


Iniciou sua carreira em 20001, com shows muito ori...

19 Apr 2019

Nascida em 1952, filha do sociólogo Waldo Aranha Lenz Cesar e da jornalista Maria Luiza Cruz, Ana Cristina Cesar foi uma poetisa e tradutora brasileira, considerada um dos principais nomes da geração mimeógrafo e frequentemente vinculada ao movimento de Poesia Marginal...

15 Apr 2019

 Não é de hoje que o Caos Cultural encontra espaço para indicação de Podcast, mídia muito apreciada por esse que vos fala, porém, dentre todos os materiais apresentados aqui, poucos são tão densos, minuciosos e dotados de tanta qualidade.

Criado pelo produtor do já expr...

10 Sep 2018

Idealizado pela publicitária Ira Croft, o podcast Ponto G conta a biografia de mulheres incríveis que marcaram a história, fazendo de suas vidas e feitos, legados para a posterioridade.

Contando com mais de 70 episódios, o Ponto G faz parte do espaço digital Preciosa Ma...

Please reload

 

Em meio à festa, à dança. à diversão: o tempo passa.
Em meio ao trabalho, o relatório, o feedback: o tempo passa.

Durante o domingo, durante o sexo, durante a partida de futebol e a risada pós piada, cada segundo passa, escorrendo pelo rastro de tantos outros segundos perdidos, de tantas outras ideias esquecidas, de tantos outros desejos abandonados.

Se uma ideia não realizada é uma ideia inexistente, então também cada palavra não proclamada é um pensamento inexistente. Cada plano abandonado uma rendição prévia. E a cada tópico anteriormente citado, uma inexistência de parte do que nos constitui.

Totentanz é a recordação do tempo constante, é a observação do tudo no agora.

É a busca, mesmo que sempre busca, da observação do caos em sua plenitude.

O Manifesto não busca a individualidade, nem a remediação do singular. 

Pretende a busca da identificação exterior do sujeito de Rimbaud. O continente humano de John Donne. A celebração de Whitman. A razão de Hamlet. O tempo: Chronos e Kairós.

   MANIFESTo TOTENTANZ    

     POSTS centes:      
Please reload

Feed do Instagram

caoscultural4.png

ouça o podcast

do caos cultural

Sem título.jpg

apoie um projeto:

contos clássicos de fantasma

© 2016 por O Caos Cultural.