3 Sep 2019

Parece incrível, mas, para algumas pessoas, basta meia duzia de frases para embasbacar e convencer toda uma nação. Mas a oratória, seria inata ou praticável?

6 Jun 2019

Em setembro de 1977, a NASA lançou a Voyager 1, uma espaçonave que tinha a missão de estudar o sistema Solar exterior e, eventualmente, o espaço sideral.

Após a conclusão de sua missão principal, em novembro do mesmo ano, a Voyager rompeu as expectativas de seus respons...

Franz Kafka é um desses autores que com perspicácia e uma certa ironia demonstra as diversas inconsistências do mundo contemporâneo e como estamos perdidos dentro dele. Durante diálogos com amigos ele  revelou parte da sua visão ao falar que "há esperança suficiente, e...

12 Feb 2019

Em tempos de exaustão, inércia e conveniência, as palavras Marina Colasanti recitadas por Antônio Abujamra adquirem sentido mais claro e certeiro.

Conteúdo de propriedade da Fundação Padre Anchieta (TV Cultura).

Please reload

OT72GE7TVWWD333IV5NELULJ3I.jpg

 

Em meio à festa, à dança. à diversão: o tempo passa.
Em meio ao trabalho, o relatório, o feedback: o tempo passa.

Durante o domingo, durante o sexo, durante a partida de futebol e a risada pós piada, cada segundo passa, escorrendo pelo rastro de tantos outros segundos perdidos, de tantas outras ideias esquecidas, de tantos outros desejos abandonados.

Se uma ideia não realizada é uma ideia inexistente, então também cada palavra não proclamada é um pensamento inexistente. Cada plano abandonado uma rendição prévia. E a cada tópico anteriormente citado, uma inexistência de parte do que nos constitui.

Totentanz é a recordação do tempo constante, é a observação do tudo no agora.

É a busca, mesmo que sempre busca, da observação do caos em sua plenitude.

O Manifesto não busca a individualidade, nem a remediação do singular. 

Pretende a busca da identificação exterior do sujeito de Rimbaud. O continente humano de John Donne. A celebração de Whitman. A razão de Hamlet. O tempo: Chronos e Kairós.

   MANIFESTo TOTENTANZ    

     POSTS centes:      
Please reload

Feed do Instagram

© 2016 por O Caos Cultural.