23 Jul 2020

Nascido em 21 de julho de 1899, Ernest Hemingway foi um escritor norte americano e um dos maiores nomes da literatura mundial. Correspondente de guerra em madri, durante a Guerra Civil Espanhola, sua experiência como jornalista e combatente o inspirou na maioria de sua...

7 Oct 2019

Nascida em 1882, no seio de uma família nobre de Kensington, Reino Unido, Adeline Virginia Woolf foi escritora, ensaísta e editora, sendo uma das mais proeminentes figuras do modernismo e uma das mais reconhecidas escritoras da história da literatura.

Woolf estreou em s...

12 Sep 2017

Considerado por muitos o melhor poeta em lingua portuguesa, Fernando Pessoa além de poeta, foi filósofo, dramaturgo, ensaísta, tradutor, publicitário, astrólogo, inventor, empresário, correspondente comercial, crítico literário e comentarista político.

Além de obras ren...

5 Sep 2017

  

A Divina Comédia (originalmente Comedìa e, mais tarde, denominada Divina Comédia por Giovanni Boccaccio) é um poema épico e teológico da literatura italiana, escrito por Dante Alighieri no século XIV e dividido em três partes: Inferno, Purgatório e Paraíso....

13 Aug 2017

Considerado um dos maiores, se não o maior nome da literatura brasileira, Machado de Assis (Rio de Janeiro, 21 de junho de 1839 — Rio de Janeiro, 29 de setembro de 1908) produziu em praticamente todos os gêneros literários, sendo poeta, romancista, cronista, dramaturgo...

Please reload

 

Em meio à festa, à dança. à diversão: o tempo passa.
Em meio ao trabalho, o relatório, o feedback: o tempo passa.

Durante o domingo, durante o sexo, durante a partida de futebol e a risada pós piada, cada segundo passa, escorrendo pelo rastro de tantos outros segundos perdidos, de tantas outras ideias esquecidas, de tantos outros desejos abandonados.

Se uma ideia não realizada é uma ideia inexistente, então também cada palavra não proclamada é um pensamento inexistente. Cada plano abandonado uma rendição prévia. E a cada tópico anteriormente citado, uma inexistência de parte do que nos constitui.

Totentanz é a recordação do tempo constante, é a observação do tudo no agora.

É a busca, mesmo que sempre busca, da observação do caos em sua plenitude.

O Manifesto não busca a individualidade, nem a remediação do singular. 

Pretende a busca da identificação exterior do sujeito de Rimbaud. O continente humano de John Donne. A celebração de Whitman. A razão de Hamlet. O tempo: Chronos e Kairós.

   MANIFESTo TOTENTANZ    

     POSTS centes:      
Please reload

Feed do Instagram

caoscultural4.png

ouça o podcast

do caos cultural

Sem título.jpg

apoie um projeto:

contos clássicos de fantasma

© 2016 por O Caos Cultural.