6 Oct 2019

Jeom significa "ponto preto" ou "marca de nascença", em coreano. Para este filme de animação, feito em stop motion feito em papel, é também o que o protagonista herdou de seu pai, uma marca de nascença na bunda. Um curta tão divertido quanto cruel sobre a inevitabilida...

8 Sep 2019

Quatro curtas incríveis que mostram que é possível criar uma obra prima em 1 minuto

21 Jul 2019

O sentido do poder e da palavra em crise situam o homem que os manipula numa idêntica crise pessoal, humana. A farsa do discurso de intenção humanista é total e absoluta. Um ditador num momento de uma grave crise nacional, institucional, confrontado na cidade e no camp...

14 Jul 2019

42 personalidades envolvidas com o mundo do rap, entre DJs, MCs e produtores, entrevistadas em um documentário que procura traçar um panorama do gênero musical no país.

Rap bom é o antigo? O rap pode coexistir com a mídia? Qual o futuro do gênero no país? Essas e outras...

8 Jul 2019

Após um desastre familiar, uma mãe de luta busca por um substituto para seu filho, porém o que antes parecia um milagre traz consigo grandes consequências assustadoras.

The Dollmaker é um curta norte americano lançado e 2017, escrito por Matias Caruso e dirigido por Al...

Please reload

 

Em meio à festa, à dança. à diversão: o tempo passa.
Em meio ao trabalho, o relatório, o feedback: o tempo passa.

Durante o domingo, durante o sexo, durante a partida de futebol e a risada pós piada, cada segundo passa, escorrendo pelo rastro de tantos outros segundos perdidos, de tantas outras ideias esquecidas, de tantos outros desejos abandonados.

Se uma ideia não realizada é uma ideia inexistente, então também cada palavra não proclamada é um pensamento inexistente. Cada plano abandonado uma rendição prévia. E a cada tópico anteriormente citado, uma inexistência de parte do que nos constitui.

Totentanz é a recordação do tempo constante, é a observação do tudo no agora.

É a busca, mesmo que sempre busca, da observação do caos em sua plenitude.

O Manifesto não busca a individualidade, nem a remediação do singular. 

Pretende a busca da identificação exterior do sujeito de Rimbaud. O continente humano de John Donne. A celebração de Whitman. A razão de Hamlet. O tempo: Chronos e Kairós.

   MANIFESTo TOTENTANZ    

     POSTS centes:      
Please reload

Feed do Instagram

caoscultural4.png

ouça o podcast

do caos cultural

Sem título.jpg

apoie um projeto:

contos clássicos de fantasma

© 2016 por O Caos Cultural.