13 Dec 2018

Nesse vídeo produzido pelo Canal Brasil, encontramos o jornalista e escritor uruguaio Eduardo Galeano. O autor da obra “As Veias Abertas da América Latina” comenta sobre sua vida, sobre a cidade de Montevidéu, comenta a morte de seu cachorro, além de recitar trechos de...

23 Aug 2018

"-Não se apaixone pelo poder"

Michel Foucault

Em 1981, Michel Foucault foi convidada a dar uma série de cursos e conferencias na Universidade Católica de Louvain, para os cursos de direito e criminologia. Ao longo desse período, diversas entrevistas e publicações foram f...

6 Aug 2018

Escultor, Desenhista e artista performático, essas são algumas das facetas de Antônio José de Barros Carvalho e Mello Mourão, conhecido como Tunga, uma das figuras mais emblemáticas da cena artística brasileira.

No vídeo abaixo, a revista Vice vai até o Rio de Janeiro s...

26 Jul 2018

Seríamos mesmo um país pacífico, miscigenado, e que por essa mistura de povos deu vida a uma sociedade socialmente igualitária e não racista? Ou estaríamos tentando ignorar um racismo nada sutil?
 

O vídeo abaixo (gravado por este que vos fala e publicado no jornal Cruz...

9 May 2018

No vídeo, o filósofo polonês Zygmunt Bauman reflete sobre a individualização da sociedade contemporânea em entrevista exclusiva concedida a Fernando Schüler e Mário Mazzilli, na Inglaterra.

Dentre os tópicos tratados estão os laços sociais, a democracia, globalização e...

Please reload

OT72GE7TVWWD333IV5NELULJ3I.jpg

 

Em meio à festa, à dança. à diversão: o tempo passa.
Em meio ao trabalho, o relatório, o feedback: o tempo passa.

Durante o domingo, durante o sexo, durante a partida de futebol e a risada pós piada, cada segundo passa, escorrendo pelo rastro de tantos outros segundos perdidos, de tantas outras ideias esquecidas, de tantos outros desejos abandonados.

Se uma ideia não realizada é uma ideia inexistente, então também cada palavra não proclamada é um pensamento inexistente. Cada plano abandonado uma rendição prévia. E a cada tópico anteriormente citado, uma inexistência de parte do que nos constitui.

Totentanz é a recordação do tempo constante, é a observação do tudo no agora.

É a busca, mesmo que sempre busca, da observação do caos em sua plenitude.

O Manifesto não busca a individualidade, nem a remediação do singular. 

Pretende a busca da identificação exterior do sujeito de Rimbaud. O continente humano de John Donne. A celebração de Whitman. A razão de Hamlet. O tempo: Chronos e Kairós.

   MANIFESTo TOTENTANZ    

     POSTS centes:      
Please reload

Feed do Instagram

© 2016 por O Caos Cultural.