1 Jun 2020

2020 é indiscutivelmente um ano que ficará marcado na história. Um ano de isolamento, pandemia e de incontáveis mortes. O ponto zero do novo normal, porém, ornamentado de horrores e avanços nada novos.

Quem poderia prever que ao longo de períodos onde a indicação univer...

10 Jul 2019

Página reúne mais de 22 mil imagens coletadas em missões de pesquisa em países como Líbano, Síria, Palestina, Jordânia, Egito, Marrocos, Iraque e Irã

30 Jun 2019

“Aventure-se em uma favela do Rio de Janeiro (a versão brasileira de um assentamento informal) nesta excursão educacional de meio dia [...] você vai visitar a favela, interagir com a população local e obter uma nova compreensão da sociedade brasileira. “

Podem parecer a...

14 Mar 2019

Tom Waits, mais do que um artista, é um mito. E não aos moldes clássicos, imutável, mas um   ícone que se reinventa, que se recria a cada nova obra. Nascido Thomas Alan Waits em 7 de dezembro de 1949, em Pomona, Califórnia, foi filho do meio, entre duas irmãs, de Jesse...

6 Mar 2019

Xul Solar, nascido Oscar Agustín Shulz Solari, nasceu em Buenos Aires no dia 14 de dezembro de  1887. Seus pais foram o engenheiro alemão Emilio Shulz Riga e a representante de seguros italiana Agustina Solari. Figura inquieta, desde muito jovem mostrou interesse em ar...

Please reload

 

Em meio à festa, à dança. à diversão: o tempo passa.
Em meio ao trabalho, o relatório, o feedback: o tempo passa.

Durante o domingo, durante o sexo, durante a partida de futebol e a risada pós piada, cada segundo passa, escorrendo pelo rastro de tantos outros segundos perdidos, de tantas outras ideias esquecidas, de tantos outros desejos abandonados.

Se uma ideia não realizada é uma ideia inexistente, então também cada palavra não proclamada é um pensamento inexistente. Cada plano abandonado uma rendição prévia. E a cada tópico anteriormente citado, uma inexistência de parte do que nos constitui.

Totentanz é a recordação do tempo constante, é a observação do tudo no agora.

É a busca, mesmo que sempre busca, da observação do caos em sua plenitude.

O Manifesto não busca a individualidade, nem a remediação do singular. 

Pretende a busca da identificação exterior do sujeito de Rimbaud. O continente humano de John Donne. A celebração de Whitman. A razão de Hamlet. O tempo: Chronos e Kairós.

   MANIFESTo TOTENTANZ    

     POSTS centes:      
Please reload

Feed do Instagram

caoscultural4.png

© 2016 por O Caos Cultural.