31 May 2017

Modelo Panóptico ou A Casa de Inspeção de Jeremy Bentham - Sistema de prisão que previa a observação de todos os prisioneiros através de um controle central. Entretanto, nenhum prisioneiro saberia se era vigiado (Ver sem ser visto)

Um primeiro conceito que precisa ser d...

29 Apr 2017

Não é muito claro quem definiu o conceito de zona de conforto, porém esse termo vem sendo utilizado pela psicologia para identificar situações em que nós humanos estamos habituados a realizar, seja a rotina que criamos para ir ao trabalho, ao acordar (hoje em dia a pri...

17 Mar 2017

Albert Camus, em seu ensaio sobre o Mito de Sisífo nos revela que talvez a única questão que realmente deveríamos pensar é o suícidio. De forma brilhante Camus nos apresenta as diversas formas de suícidio e define o conceito do “O homem e o absurdo”, que de forma bem s...

Please reload

 

Em meio à festa, à dança. à diversão: o tempo passa.
Em meio ao trabalho, o relatório, o feedback: o tempo passa.

Durante o domingo, durante o sexo, durante a partida de futebol e a risada pós piada, cada segundo passa, escorrendo pelo rastro de tantos outros segundos perdidos, de tantas outras ideias esquecidas, de tantos outros desejos abandonados.

Se uma ideia não realizada é uma ideia inexistente, então também cada palavra não proclamada é um pensamento inexistente. Cada plano abandonado uma rendição prévia. E a cada tópico anteriormente citado, uma inexistência de parte do que nos constitui.

Totentanz é a recordação do tempo constante, é a observação do tudo no agora.

É a busca, mesmo que sempre busca, da observação do caos em sua plenitude.

O Manifesto não busca a individualidade, nem a remediação do singular. 

Pretende a busca da identificação exterior do sujeito de Rimbaud. O continente humano de John Donne. A celebração de Whitman. A razão de Hamlet. O tempo: Chronos e Kairós.

   MANIFESTo TOTENTANZ    

     POSTS centes:      
Please reload

Feed do Instagram

caoscultural4.png

ouça o podcast

do caos cultural

Sem título.jpg

apoie um projeto:

contos clássicos de fantasma

© 2016 por O Caos Cultural.